Regras para um press-release engajado

Regras para um press-release engajado

Regras para um press-release engajado

Produzir conteúdo de alta qualidade – e entregá-lo a um público específico – é difícil. Independente do seu público alvo, podendo ser um cliente, um investidor ou até mesmo um jornalista. Ao enviar uma notícia você está competindo com muitas outras notícias – sejam elas noticiários diários ou reações em redes sociais.

Com uma boa preparação e orientação, tudo o que você precisa são alguns segundos para que seu público leia o seu release e engaje com o assunto apresentado. Se a sua mensagem não for bem apresentada e de ótima qualidade, seu público simplesmente a ignorará. Com muita frequência vejo conteúdos com boas intenções, mas que acabam não obtendo o efeito desejado por entrarem em um ciclo de notícias sem muita atenção ou com pouca conexão com os temas que estão sendo apresentados.

Siga essas cinco regras e produza press-release engajado e de alta qualidade.

1- Perspicácia e Relevância.

Esta é provavelmente a regra mais difícil de seguir e requer muita paciência e preparação. Seu conteúdo precisa de um propósito além de preencher a seção de notícias de uma publicação. Comece criando um calendário editorial com pelo menos três meses de antecedência.

Coordene-se com equipes de marketing, produto, vendas e outras para produzir conteúdo com o qual seu público-alvo se preocupará. Você tem um novo estudo para relatar? Um novo infográfico com dados atualizados? Um white paper do qual você tem orgulho?

Uma feira de negócios em que você está animado em participar? Os leitores e os mecanismos de pesquisa saberão rapidamente se sua mensagem está transmitindo informações importantes e relevantes. Não cometa o erro de pensar que você pode enganá-los.

2- Seja a Autoridade

Em SEO (sistema de otimização de busca) e de site, conquistar autoridade pode ser um desafio nebuloso, sendo esse um notório reflexo da evolução infindável dos algoritmos dos mecanismos de busca.

Autoridade da sua página também significa ter autonomia e conhecimento sobre o seu conteúdo que você está distribuindo. Dados pontuais, escrita limpa e citações bem atribuídas nunca sairão de moda.

Transparência é a chave para o sucesso. Não tente ser excessivamente esperto ou muito sutil com sua mensagem; você corre o risco de minar sua autoridade. Certifique-se de que o público saiba suas intenções desde o início.

3- Evite Mensagens Curtas e Não Substanciais

Mecanismos de pesquisa não procuram por um número mínimo de palavras, mas estão avaliando a qualidade do seu conteúdo. Isso significa que você precisa produzir uma mensagem que não seja apenas uma publicação rápida de 50 palavras com alguns links para páginas de produtos desatualizadas.

Você precisa, portanto, criar conteúdo que passe e consequentemente crie confiança com seus leitores para que eles – e os mecanismos de pesquisa, por sua vez – não pensem em você como um spammer.

Não preencha seu calendário editorial com conteúdo curto e de baixa qualidade. Em vez disso, assegure-se de que você está entregando mensagens substanciais (perspicazes, relevantes e autoritativas) ao longo do ano.

4- Envolva o Seu Leitor Desde o Início

Não comece com uma explicação seca de um executivo qualquer ou tente justificar o porquê do seu produto ser o melhor. Evite adicionar links importantes em partes menos atraentes de sua matéria, como as partes inferiores.

Envolva seu leitor o mais rápido possível, concentrando-se no motivo pelo qual sua matéria é importante, incluindo uma chamada à ação logo no início e incorporando fotos e vídeos relevantes e atraentes. Está provado que os leitores se envolvem com conteúdo visual mais do que apenas texto.

5- Torne a Sua História Fácil de Digerir

Considerando o fato de que 52,2% do tráfego global do site ocorre através de dispositivos móveis, há uma mensagem clara para os comunicadores de que seu conteúdo deve ser formatado com isso em mente.

O desafio está em equilibrar estilo com substância. Felizmente, com a formatação correta, você pode obter esse equilíbrio entre conteúdo e design.

É válido lembrar que títulos mais curtas e mais ousadas são práticas comprovadas e verdadeiras para tornar sua história fácil de descobrir e digerir em qualquer dispositivo. Siga as cinco regras acima e seu conteúdo terá um bom começo.

*Texto de Glenn Frates (Tradução e Adaptação PlatinumPR)

Compartilhe nas Redes Sociais: